sábado, 12 de fevereiro de 2011

Treinamento Funcional PROGRAMA COMPLETO - Onde tudo Começa





Antes de começamos qualquer programa, meta ou desafio em nossas vidas, devemos planejar, estudar pontos fortes, pontos fracos e analisar possíveis contratempos. Em seguida tomar decisões baseadas no que coletamos e achamos a respeito do assunto. Com certeza se fizéssemos isso sempre em nossas vidas diminuiríamos e muito as chances de fracasso ou economizaríamos muito em tempo, dinheiro e etc.

Com programas de exercícios não é diferente. Quanto mais informações conseguirmos coletar de nossos alunos, maiores são as chances de conseguirmos ajustar o treino da melhor forma possível.

Para mim a ferramenta mais valiosa que tem no mercado atualmente para isso chama-se Functional Movement Systems o  FMS. Para quem trabalha com avaliação física e ainda não conhece o sistema FMS corra, pois esta deixando de utilizar um excelente teste com seus alunos.

Atualmente o que vemos nas academias são, avaliações físicas superficiais que tem como grande objetivo apenas quantificar percentual de gordura, peso, altura e etc. Quando o aluno volta para seu professor com a avaliação em mãos pouco se mudava, ao não ser na intensidade do treino. Principalmente alunos que praticam alguma atividade mais intensa ou se dedicam a um esporte, necessitam de dados mais significativos. Informações estas que dariam ao professor maiores informações e sugestões do COMO fazer e não somente do QUANTO fazer. É ai onde entra o FMS.

O FMS- Functional Movement Screen é um método de avaliação funcional criado pelos Fisioterapeutas Gray Cook e Lee Burton, de maior sucesso nos EUA. Uma forma diferente, atual e dinâmica de avaliar o seu aluno e obter informações qualitativas para elaborar os programas de Treinamento Funcional & “CORE” de acordo com fundamentos fisiológicos e biomecânicos. Gray Cook o criador do método, hoje é considerado um grande guru pelos mais experientes e renomados treinadores do mundo.

O que é o FMS?
O FMS é baseado em um sistema de pontuação o qual é usado para identificar os desequilíbrios musculares principais a serem trabalhados. È também uma maneira de identificar o progresso do aluno durante a sua reavaliação. Esse sistema de pontuação está diretamente interado a exercícios corretivos que são específicos para cada padrão de movimento básico.

Como Funciona? Movimento Simplificado
Simplesmente, o FMS é um sistema de ranking e pontuação que por sua vez analisa/documenta a performance do aluno durante padrões de movimentos básicos responsáveis pelo funcionamento eficiente da Cadeia Cinética. Portanto, com a devida avaliação dos movimentos básicos, esse sistema ( FMS) identifica limitações ou assimetrias musculares. Esses desequilíbrios musculares do corpo podem causar , pôr exemplo a) problemas motores; b) resultados ineficientes no trabalho funcional e condicionamento físico, e c) distorções na percepção de movimento; d)Dor articular.

O que o FMS Oferece? 
O FMS oferece dados suficientes para o educador físico prescrever o treinamento com total segurança e principalmente com excelentes RESULTADOS.
O sistema FMS simplifica o conceito de movimento e o seu impacto no corpo. Esse sistema oferece benefícios há todos incluindo os profissionais de fitness, o aluno de Personal como também médicos.

Comunicação – O sistema FMS oferece uma linguagem simples o que facilita a comunicação entre os profissionais de fitness, técnicos, e médicos quanto ao programa de exercícios e progresso do aluno/atleta.

Avaliação - O sistema FMS identifica assimetrias e limitações evitando-se muitas vezes a necessidade de avaliações mais extensas.

Padronização - O sistema FMS cria uma base funcional que marca o progresso inicial do aluno como também facilita o seu processo de reavaliação.

Segurança – O sistema FMS identifica rapidamente padrões de movimentos de limite do aluno (perigosos). Também facilita no desenvolvimento de programa de exercícios propícios ao nível do aluno.

Exercícios Corretivos – O sistema FMS oferece uma seleção de exercícios ou estratégias corretivas baseadas na pontuação final do FMS o que facilita o desenvolvimento de programas específico para o aluno.

Com tanto benefício ainda vai ficar fazendo aquelas avaliações focadas somente na estética?  Por que não integrar o FMS dentro de seus testes e dar a seus avaliados e colegas de profissão mais segurança e informação?

Fica a Dica...

Nenhum comentário:

Postar um comentário